Eleições – Compromisso em defesa dos Animais

Reunião importante no dia 14 de outubro
10 de outubro de 2014

Eleições – Compromisso em defesa dos Animais

proposta-site

O texto abaixo é de autoria de Elizabeth Mac Gregor, Diretora de educação do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal (FNPDA). O artigo completo pode ser lido neste link.

Caros amigos,

Reitero aqui que o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal (FNPDA) é apartidário e enviou ofícios aos dois candidatos à presidência com 10 temas principais para um Brasil melhor para os animais, sendo estes, em muitos pontos, bem semelhantes às 15 diretrizes que foram colocadas pelo grupo de vocês no Vote Brasil.

Nosso objetivo é não só simplesmente enviar sugestões aos candidatos mas também, como colocado no email anterior enviado pelo MMDA, “monitorar as referências a animais na plataforma dos candidatos”, sempre levando em consideração que o ideal é termos afirmativas dos candidatos para podermos cobrar depois.

Então é necessário que também divulguemos o resultado de nossa última pesquisa nessa semana. O trecho abaixo, fruto dessa pesquisa, é parte do texto publicado em nosso blog, contendo também nossos 10 temas principais sugeridos. Aproveito para esclarecer que essa pesquisa não foi feita em relação a proteção a rios, bacias hidrográficas ou outros temas ambientais pois, apesar de serem muito importantes, nosso tema alvo são os animais e todas as declarações referentes especificamente à fauna.

“Para estimular a transparência nessa iniciativa, fizemos uma compilação atual das atuais propostas do PT e PSDB, em nível federal, sobre o tema.”

Aécio coloca: uma “moderna política de proteção de direitos animais”

Nossa última análise revelou que Aécio Neves, do PSDB, tem levado em consideração a questão animal em suas propostas, dentro do tema “Sustentabilidade: Vida Solidária”. Ao compararmos planos mais antigos, notamos que o candidato claramente vem adaptando seu plano de governo ao propor políticas mais específicas para os animais.

Aécio agora diz estar comprometido a vir de encontro com demandas da sociedade que requerem a implementação de uma “moderna política de proteção dos direitos animais”, que contemplará legislação para pôr um fim aos testes em animais para cosméticos, proteção via turismo responsável de espécies ameaçadas como tubarões e combate ao tráfico internacional da fauna silvestre. Além disso, o plano atual promete “políticas públicas e claras” para contemplar a existência de consumidores que exigem “métodos éticos” no tratamento dos animais criados para consumo.

Infelizmente, o texto atual somente se refere ao “abate e transporte”, deixando de fora a fase da criação que usa métodos de engorda acelerada e confinamento intensivo que são altamente abusivos e ainda predominam no Brasil, apesar de já terem sido proibidos em diversos lugares do mundo.

Dilma: a omissão continua

O plano de governo de Dilma Rousseff continua o mesmo no que se refere à proteção animal: nenhuma menção específica é feita sobre o assunto.

Acho ser de suma importância essa complementação, pois ela nos serve de munição posterior para nossas cobranças ao governo federal.

Opinião Márcia Lenah, Presidente do Movimento de Apoio aos Protetores de Animais e da Natureza (Mapan)

Só para dar um aparte: apesar de na esfera animal a procura ser apartidária é sempre a mais indicada, infelizmente por mais que procure eu nunca consegui encontrar um governo do PT que trabalhe e respeite os abandonadinhos. Podem até respeitar os animais que tem em suas casas, mas aos abandonadinhos, nada do nada.

E o melhor exemplo disso é o que a prefeita Marcia Rosa, PT de Cubatão faz pelos animais. Exatamente nada mais que profundo desprezo. Na Baixada Santista, Cubatão  é o verdadeiro CAMPO DE CONCENTRAÇÃO para os animais e quem precisar de provas basta, ao descer a serra para Santos prestar atenção o que tem de animais abandonados e maltratados nas pistas na altura deste inferno.

Aliás, as mulheres governantes tem me decepcionado muitíssimo. Sem qualquer sensibilidade, respeito e competência de trabalhar para todas as espécies de suas regiões, elas tem feito um verdadeiro inferno na vida dos animais e da natureza. Fora infelizes! Fora estas em que até votei e até ajudei a se eleger.

Comente com sua conta do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *